Diastema: Como se corrige os dentes separados?

18 novembro · 4 minutos

Atraentes para uns, complexos para outros, os dentes separados são uma fonte constante de dúvida e atenção, especialmente porque algumas supermodelos exibiram orgulhosamente o seu diastema e fizeram dela uma das suas principais características. Se tiver dúvidas sobre os seus dentes e quiser corrigi-los, explicamos de onde vem esta malformação dentária e como corrigi-la.

Sabes o que é um diastema?

Em dentes normais e saudáveis, os dentes encontram-se alinhados e unidos. O significado de diastema refere-se à situação em que os dentes se encontram separados. Isto não deve ser confundido com um espaço devido à ausência de um dente. Pode ser qualquer dente, embora se refira normalmente à separação dos dois incisivos superiores.

Jovem com diastema

Qual é a causa dos dentes separados?

Genética, herança familiar ou maus hábitos... há muitos fatores que podem causar o aparecimento de dentes separados.

Dentes demasiado pequenos e separados

Uma questão de genética. Os dentes demasiado pequenos não podem ocupar todo o espaço disponível na mandíbula. É por isso que surgem espaços entre os dentes. Se alguém da sua família tiver dentes pequenos e separados, é provável que tenha dentes pequenos e que os seus filhos tenham o mesmo problema quando crescerem.

Maxilar maior do que os dentes

Uma desproporção entre o tamanho da mandíbula e o tamanho dos dentes pode também causar diastema. Neste caso, como no caso anterior, os espaços não se encontram localizados e o problema afeta toda a dentição em geral.

Dentista a explicar tratamento

Freio labial sobredesenvolvido

Todos nós temos dois lábios. Esta é uma membrana que liga o lábio à gengiva na parte inferior e superior da boca. Em alguns casos, o freio labial superior encontra-se demasiado desenvolvido. Ocupa demasiado espaço na gengiva e afeta diretamente a posição dos dois incisivos superiores.

Maus hábitos de língua

Chupar o polegar ou pressionar constantemente a língua contra os dentes pode afetar os dentes e causar a sua separação.

Diastema por idade do paciente

Diastema em bebés e crianças

Se nota que os dentes do seu filho estão espaçados, não se assuste! É normal que exista diastema nos dentes de bebé e, nesta fase, não é necessário qualquer tratamento.

Isto porque os dentes de bebé e de criança, em geral, são mais pequenos do que os dentes definitivos. O espaçamento nesta idade é, portanto, positivo, pois significa que os dentes definitivos terão espaço suficiente para sair.

Criança com diastema

Diastema em adultos

Uma vez que os dentes permanentes tenham irrompido, o diastema pode ser, como já vimos, localizado ou generalizado. Pode ser necessário tratá-lo por razões de saúde ou por razões puramente estéticas.

Muitos adultos escolhem corrigi-lo por razões estéticas, mas também porque sentem desconforto ao comer quando a comida fica presa entre os dentes com maior facilidade.

Os riscos de não corrigi-lo

Lembramos que nem todos os casos de diastema são um problema de saúde, mas quando o são, é importante tratá-lo o mais rapidamente possível. Primeiro, porque o diastema pode causar um desequilíbrio na mandíbula e na força exercida sobre os dentes. Com o tempo, este desequilíbrio pode levar ao desgaste do esmalte, gengivas e estrutura óssea, bem como ao mau posicionamento dos dentes.

O diastema também pode causar desconforto ao comer, uma vez que os alimentos ficam presos entre os dentes mais facilmente. Nestes casos, uma excelente higiene oral e a utilização do fio dentário são necessários, uma vez que os detritos alimentares favorecem a placa bacteriana e a decomposição, causando também mau hálito.

Como corrigir o diastema?

Tudo depende da causa do problema. É por isso que é importante diagnosticar primeiro a origem do problema, de forma a poder aplicar um tratamento adequado para o diastema que dê bons resultados.

Molde com aparelho ortodôntico

Coroas dentárias

As coroas dentárias são um tratamento rápido e eficaz para o diastema. São recomendadas em certas situações em que a ortodontia por si só não pode tratar o problema. É o caso dos pacientes com dentes pequenos (espaços generalizados), onde as coroas terão de ser colocadas na grande maioria dos dentes para se obter um resultado estético.

As coroas também podem ser utilizadas quando existe um espaço localizado. As coroas são feitas de porcelana ou compósito e adaptam-se perfeitamente à cor e ao tamanho dos dentes. Note-se que as coroas são eficazes na correção do diastema quando os dentes já se encontram alinhados e o tratamento ortodôntico não é necessário.

Frenectomia

Trata-se de uma cirurgia minimamente invasiva que consiste em intervir no freio do lábio superior, que é responsável pela separação dos dentes. Após este tratamento para corrigir dentes separados, na maioria dos casos, o paciente terá de optar por um tratamento ortodôntico para corrigir os espaços.

Ortodontia

A maioria dos casos requer tratamento ortodôntico para eliminar os espaços entre os dentes. Alguns pacientes podem também precisar de uma combinação de tratamentos para alcançar bons resultados: ortodontia e coroas, frenectomia e ortodontia, etc.

Atualmente existem muitas opções ortodônticas para tratar o espaçamento entre dentes: brackets metálicos, brackets cerâmicos, brackets transparentes, brackets linguais ou alinhadores invisíveis. A duração total do tratamento ortodôntico é determinada pela complexidade do caso de cada paciente.

Corrigir o diastema com aparelho invisível Impress

Juntar os dentes separados sem a necessidade de aparelho ortodôntico fixo é possível graças a alinhadores invisíveis, que podem tratar de forma eficiente e discreta o diastema.

Este tipo de ortodontia é invisível, por isso ninguém poderá dizer que estás a utilizar aparelho para corrigir o teu espaço entre os dentes. Os alinhadores são removíveis e dão-te total liberdade ao comer e escovar os dentes.

Alinhadores invisíveis da Impress

Na Impress utilizamos a mais recente tecnologia nos nossos alinhadores invisíveis para oferecer aos nossos pacientes os melhores resultados.

Oferecemos dois tipos de tratamento, com tudo incluído, dependendo da complexidade do teu caso. Os nossos preços são como os nossos alinhadores, transparentes, e na primeira consulta são realizados todos os testes necessários, tais como digitalizações 3D e raios X.

Se quiseres voltar a sorrir com confiança e ter uma boca saudável, contacta-nos a partir do nosso website. Poderás obter uma consulta para que possas descobrir o teu plano de tratamento personalizado com a Impress. Esperamos-te numa clínica perto de ti.

.

Partilhar artigo

Perguntas frequentes

O diastema está na moda?

Tem sido popularizado por algumas top models. No entanto, é importante ter em mente que alguns casos de espaçamento dentário estão relacionados com problemas de saúde e não apenas com uma questão estética. Nestes casos, é importante fornecer uma solução para corrigir esta malformação dentária.

Quanto tempo demora a corrigir um diastema com aparelho?

O tempo da correção irá depender do grau de separação dos dentes, variando entre algumas semanas a mais de um ano.

Qual é o preço para a correção de um diastema?

Existem diversos tipos de aparelhos ortodônticos e os preços para a correção do diastema podem ir dos 2000€ aos 6000€, dependendo do tipo de aparelho e do grau de gravidade do caso.

Empresa

Quem somos?

Imprensa

Carreiras

O nosso blog

*Por número de clínicas próprias

© 2024 SMILE2IMPRESS SL. Todos os direitos reservados