Marca uma consultaLogin

Placa bacteriana e tártaro nos dentes: o que são, tipos, causas e como eliminá-los

08 setembro · 4 minutos

Placa bacteriana e tártaro nos dentes. Provavelmente, já ouviste estes conceitos em alguma altura da tua vida e, quer saibas ou não o que são, de certeza que já ouviste que nenhum deles é muito agradável. Neste artigo, vamos abordar ambos: vamos explicar-te que tipos existem, como preveni-los e como eliminá-los de uma vez por todas. Por fim, vamos contar-te tudo o que precisas de saber sobre placa bacteriana e tártaro, ou a chamada “pedra nos dentes”, tanto nas gengivas como nas peças dentárias.

O que é o tártaro e a placa bacteriana nos dentes?

Vamos começar por definir o que é a placa bacteriana.

A placa bacteriana é uma camada pegajosa e incolor que se deposita na superfície dentária devido à acumulação de bactérias e restos de comida. Entre outras doenças orais, a acumulação de placa bacteriana é a principal causa de cáries e gengivite.

E o que é o tártaro nos dentes? O tártaro é simplesmente a calcificação da placa bacteriana. Quando não escovamos os dentes de forma adequada, a acumulação de placa bacteriana pode solidificar-se, criando tártaro nos dentes. O tártaro também é conhecido como “pedra nos dentes” e pode acumular-se nas peças dentárias ou nas gengivas, onde é mais difícil de eliminar.

Pormenor de paciente no dentista com excesso de tártaro nos dentes

Então a placa bacteriana e o tártaro são a mesma coisa?

De uma forma simplificada, o tártaro é a fase seguinte da placa bacteriana. A diferença entre a placa bacteriana e o tártaro é que a primeira é pegajosa e o segundo é mais duro, ou seja, a placa bacteriana e o tártaro não são bem a mesma coisa. A consistência de ambos também está diretamente relacionada com outra das principais diferenças entre placa bacteriana e tártaro: a primeira pode ser removida mais facilmente, enquanto que para eliminar o tártaro nos dentes temos de recorrer a um dentista. Devemos fazê-lo logo que possível, para que este trate da sua eliminação e, assim, prevenirmos outras doenças.

Como se forma a placa bacteriana e o tártaro nos dentes?

A formação de placa bacteriana ocorre na sequência da acumulação de restos de comida na superfície dentária, que é colonizada por várias bactérias que se encontram na cavidade oral e se alimentam destes restos. A combinação de restos de comida com bactérias e outros elementos dá origem à formação de uma substância pegajosa conhecida como placa bacteriana.

A formação de tártaro nos dentes dá-se quando a placa bacteriana não é limpa. Quando esta entra em contacto com a saliva, cria-se uma reação na qual a placa se calcifica, transformando-se em tártaro, que é uma substância muito mais dura do que a placa bacteriana.

Porque é que aparecem placa bacteriana e tártaro nos dentes?

A principal causa da placa bacteriana e do tártaro nos dentes é a ausência de uma boa higiene oral. Se esta não for devidamente eliminada com a escovagem e a utilização de fio dental, vai-se acumular e calcificar, dando lugar à formação de tártaro ou “pedra nos dentes”. Uma vez que ambos estão relacionados, podemos dizer que uma higiene oral deficiente também é a principal causa de tártaro nos dentes.

No que diz respeito a este ponto, também devemos ter em conta que existem certos momentos nos quais a higiene oral pode ser mais difícil, como durante um tratamento com ortodontia fixa. O aparecimento de tártaro, ou “pedra nos dentes”, devido à utilização de aparelho fixo é relativamente frequente, uma vez que este tipo de aparelho dificulta a realização de uma boa limpeza dentária, podendo facilitar a acumulação de placa bacteriana e tártaro à volta do aparelho.

Ainda que uma higiene oral pobre seja uma das principais causas de placa e tártaro nos dentes, também é verdade que o aparecimento de placa e tártaro não se deve apenas a isso: existem outros fatores que podem influenciar o seu desenvolvimento. Por exemplo, se ingerirmos uma grande quantidade de açúcar, o pH da nossa saliva altera-se e cria-se uma maior tendência para a criação e acumulação de placa bacteriana e tártaro nos dentes. Por outro lado, algumas pessoas têm, naturalmente, um pH mais ácido, que cria um clima ideal para o desenvolvimento de placa e de outras doenças na cavidade oral, como as cáries.

Pormenor de boca aberta com pedra nos dentes enquanto é efetuada uma destartarização no dentista

Tipos de placa bacteriana e tártaro

Dependendo de onde se encontra o problema, temos diferentes tipos de placa bacteriana e tártaro. Vamos ver quais são.

Tipos de placa bacteriana

A placa dentária pode localizar-se em várias zonas da boca. Em função do local onde se acumula, podemos encontrar:

  • Placa marginal: encontra-se por cima da superfície dentária
  • Placa coronal: surge na margem gengival
  • Placa subgengival: acumula-se no sulco gengival e no interior das bolsas periodontais, provocando bolsas de tártaro nas gengivas.

Tipos de tártaro nos dentes

Tal como a placa bacteriana, o tártaro, ou “pedra nos dentes”, também pode aparecer em vários sítios. Podemos dizer que existem dois tipos de tártaro:

  • Tártaro supragengival: como o nome indica, o tártaro supragengival aloja-se na superfície das gengivas e dos dentes
  • Tártaro subgengival: acumula-se debaixo das gengivas, podendo levar à formação de bolsas periodontais

Como eliminar a placa bacteriana e o tártaro nos dentes

Pormenor de criança no dentista enquanto se efetua uma destartarização

Como remover a placa bacteriana

Ter uma higiene dentária correta através da utilização da escova e do fio dental após as refeições é uma das formas como podemos remover a placa bacteriana. Além disso, podemos complementar a higiene oral feita em casa com consultas periódicas numa clínica para a realização de uma destartarização, já que esta permite uma limpeza mais profunda da cavidade oral.

Como tirar o tártaro dos dentes

Tirar o tártaro nos dentes não é tão fácil como limpar a placa bacteriana. Para remover o tártaro é necessário recorrer a um dentista. Durante a consulta, este vai efetuar uma destartarização, para remover o tártaro dos dentes se este estiver presente na superfície dentária, ou uma tartarectomia ou curetagem dentária, caso o tártaro se encontre debaixo das gengivas. Com o auxílio de uma cureta ou um ultrassom, o profissional vai ajudar a remover o tártaro dos teus dentes e gengivas.

Como prevenir o aparecimento da placa bacteriana e do tártaro dos dentes

Tanto como forma de evitar a placa dentária como o tártaro nos dentes, uma higiene oral correta é fundamental. É imprescindível escovar os dentes com pasta de dentes e utilizar fio dental após cada refeição. Desta forma, vamos evitar a acumulação de placa bacteriana, a formação de tártaro e as doenças que possam surgir.

Impress: especialistas em ortodontia invisível e em saúde oral

Estás a pensar em começar um tratamento de ortodontia e preocupa-te como a utilização de aparelho pode dificultar a tua higiene oral levando a um excesso de placa bacteriana e ao aparecimento de tártaro nos dentes? Com a ortodontia invisível da Impress, isso não é um problema.

Na Impress, somos especialistas em saúde oral e em ortodontia removível. Graças à utilização de alinhadores, que podem ser retirados para comer e lavar os dentes, os nossos pacientes podem manter uma higiene oral excelente, evitando, assim, a acumulação de placa e a formação de tártaro ou “pedra nos dentes”. Além disso, a ortodontia Impress é invisível, ou seja, podes fazer o tratamento de forma praticamente impercetível.

Vem conhecer-nos e marca a tua primeira consulta, na qual fazemos um estudo exaustivo da tua saúde oral e te indicamos o tipo de tratamento mais adequado ao teu caso.

Entra em contacto connosco através do e-mail equipamedica.pt@smile2impress.com, por telefone ou por Whatsapp para o número +351 308 800 355 ou marca uma consulta no nosso site. Encontra a clínica mais próxima de ti.

Partilhar artigo

Perguntas frequentes sobre placa bacteriana e tártaro nos dentes

Tirar o tártaro dos dentes dói?

Normalmente, a destartarização profissional não provoca dor. No entanto, por vezes, tirar o tártaro dos dentes dói quando existe sensibilidade. Além disso, se existirem bolsas periodontais e se for necessária a realização de uma curetagem e o tratamento da zona profunda das gengivas, é possível que o dentista administre um pouco de anestesia para que não sintas nenhum incómodo.

O tártaro é contagioso?

O tártaro não é contagioso. No entanto, as bactérias que originam a placa dentária (que depois se transforma em tártaro) são contagiosas.

A placa bacteriana causa mau hálito?

Sim, a placa bacteriana causa mau hálito. Os restos de comida da placa bacteriana são decompostos pelas bactérias da cavidade oral, provocando halitose, ou seja, mau hálito.

Empresa

Quem somos?

Imprensa

Carreiras

O nosso blog

Seg-Sab, 9:00-21:00 CET

Dom, 9:00-18:00 CET

© 2023 SMILE2IMPRESS SL. Todos os direitos reservados