Halitose e mau hálito: o que é e como tratar

04 maio · 3 minutos

O mau hálito, ou halitose, é um dos problemas de saúde oral que mais preocupa as pessoas, uma vez que não afeta apenas quem tem esse problema: também pode ser detetado por outras pessoas que estejam próximas. Por este motivo, a halitose pode causar problemas de autoestima e confiança e é importante diagnosticá-la e tratá-la para evitar consequências a nível físico e psicológico. Continua a ler para saberes mais sobre o mau hálito e como a Impress te pode ajudar a tratar esse problema se as causas estiverem associadas a maus posicionamentos dentários.

O que é a halitose?

A halitose é um conjunto de odores desagradáveis que são emanados da cavidade oral, seja pontual ou permanentemente.

Geralmente, o mau hálito é produzido por bactérias localizadas na língua ou no sulco gengival. Quando estas bactérias se decompõem, produzem compostos voláteis sulfurados (CVS), que são os causadores do mau odor na boca. O sulfureto de hidrogénio, que reside na zona posterior da língua, é o CVS que mais causa mau hálito.

Que tipos de halitose existem?

Dependendo da origem do mau odor da boca, pode haver dois tipos de halitose. Vamos explicar-te a diferença entre ambos.

Halitose fisiológica

A halitose fisiológica tem origem na parte superior traseira da língua. Apesar de as pessoas que sofrem de halitose fisiológica, normalmente, terem uma boa saúde oral, ao ingerirem um certo tipo de alimentos, fumar ou consumir álcool, as bactérias acumulam-se na parte posterior da língua e provocam o mau odor na boca.

Homem sentado olha para um computador enquanto tapa a boca com a mão

Halitose patológica

Pelo contrário, a halitose patológica tem origem numa doença oral que promove a proliferação de bactérias e, consequentemente, um mau hálito persistente. Ainda que possam existir outras causas do mau hálito, tal como vamos mencionar mais à frente, as doenças orais mais propensas a desencadear a halitose são as doenças periodontais, como a gengivite ou a periodontite.

Causas do mau hálito: o que provoca a halitose?

O mau hálito pode ter causas muito variadas e origem na boca ou noutra parte do corpo. De seguida, vamos abordar as causas mais comuns do mau hálito:

Halitose extraoral

As causas extraorais do mau hálito são as que provêm de zonas fora da boca, como do sistema digestivo ou do trato respiratório.

Existem várias doenças não orais que podem provocar mau hálito, ainda que as causas extraorais sejam menos comuns do que as intraorais.

Algumas das causas do mau hálito mais comuns são:

  • Infeções do trato digestivo
  • Doenças gastrointestinais
  • Infeções nasais, como sinusite ou rinite
  • Hepatite
  • Distúrbios hematológicos e no sistema endócrino

Halitose intraoral

As causas intraorais de mau hálito são as que têm origem em alterações que se produzem no interior da boca. As causas intraorais são as que desencadeiam a maioria dos casos de mau hálito. As mais comuns são:

  • Acumulação de restos de comida na cavidade oral
  • Mau posicionamento dentário
  • Doenças periodontais, como gengivite ou periodontite
  • Abcesso
  • Cáries
  • Próteses ou aparelhos ortodônticos fixos
  • Xerostomia, conhecida como “boca seca”
  • Faringite
  • Ingestão de café, álcool e tabaco

Na próxima secção, vamos abordar algumas das causas intraorais do mau hálito mais comuns.

A cárie causa mau hálito? A relação entre a cárie e a halitose.

As cáries são resultado da degradação do esmalte dentário e da dentina por germes. A cavidade provocada por uma cárie no dente e as bactérias que a provocam podem ser uma causa de mau hálito.

Má higiene oral: uma das principais causas do mau hálito

A má higiene oral pode ser uma das causas do mau hálito, uma vez que leva à acumulação de restos de alimentos na boca e à criação de bactérias na língua e nos dentes.

Mau posicionamento dentário: outra das causas de mau hálito

Os vários tipos de mau posicionamento dentário, como apinhamento ou dentes tortos, podem ser causas de mau hálito. Estes maus posicionamentos dentários facilitam a acumulação de restos de alimentos nos dentes e a proliferação de bactérias, provocando mau hálito devido à dificuldade acrescida na limpeza correta dos dentes.

Mulher limpa aparelho dentário em frente ao espelho

O uso de ortodontia fixa pode provocar mau hálito?

Os pacientes com ortodontia fixa podem sofrer de mau hálito devido à acumulação de restos de alimentos nos dentes. Para o evitar, é fundamental manter uma ótima higiene oral. A ortodontia removível é uma boa alternativa à fixa, uma vez que é mais higiénica: pode ser retirada e, por isso, é mais fácil limpar o alinhador e os dentes.

Como combater o mau hálito: o que fazer para o tratar.

O primeiro passo para o tratamento da halitose é consultar um especialista para conhecer as causas.

Para os casos em que a halitose tenha origem extraoral, é recomendável consultar um médico de clínica geral ou um especialista para que este possa determinar as causas da halitose e indicar o tratamento necessário para a combater.

Se as causas da halitose forem intraorais, como na maioria dos casos, o tratamento deve ser indicado por um dentista. Além disso, para casos de halitose intraoral, deixamos-te alguns conselhos sobre o que fazer para tratar o mau hálito:

  • Mantém uma boa higiene oral: escova os dentes depois de cada refeição, prestando especial atenção aos espaços interproximais e à língua, e complementa a escovagem com a utilização de fio dental.
  • Utiliza elixires bucais como forma de eliminar as bactérias e combater o mau hálito temporariamente.
  • Bebe muita água ou estimula a saliva com alimentos que requeiram mastigar muito para manteres o fluxo de saliva na boca.
  • Ajusta a tua dieta e evita alimentos que provoquem mau hálito ou que sejam muito açucarados, uma vez que estes estão fortemente relacionados com o aparecimento de cáries, uma das causas do mau hálito.
  • Diminui ou elimina o consumo de tabaco e álcool.
  • Visita o dentista uma ou duas vezes por ano para prevenires o aparecimento de problemas orais.
  • Faz uma destartarização profissional uma ou duas vezes por ano para a eliminação da placa bacteriana da boca, que pode provocar cáries ou qualquer doença periodontal.
  • Se as causas da halitose estiverem relacionadas com uma patologia oral, o teu dentista deverá levar a cabo alguns procedimentos para o tratamento da patologia como forma de combater o mau hálito.
  • Se a halitose estiver relacionada com algum mau posicionamento dentário, é importante consultar um ortodontista para saber como combater o problema de mau hálito com a solução ortodôntica mais adequada.
Homem limpa os dentes em frente ao espelho com fio dental

Impress: a tua aliada para tratar o mau hálito

Quando as causas da halitose estão no mau posicionamento dentário, o tratamento Impress com ortodontia transparente removível pode ajudar-te a combater o mau hálito. Os alinhadores Impress podem corrigir o mau posicionamento, como casos de apinhamento ou dentes tortos, e alinhar o teu sorriso para evitar a acumulação de restos de comida e a proliferação de bactérias na boca que provocam mau odor.

Na Impress, oferecemos vários tipos de tratamentos de ortodontia de acordo com as tuas necessidades e a complexidade do teu caso, com preços fixos e sem surpresas. Além disso, também temos opções de financiamento caso prefiras pagar o teu tratamento em prestações.

Por outro lado, muitas das nossas clínicas parceiras oferecem outros tratamentos que podem ajudar-te a tratar problemas que possam causar mau hálito. Entre outros procedimentos, nas nossas clínicas parceiras efetuam-se alguns dos seguintes tratamentos: obturação de cáries, destartarizações ou curetagens. Consulta todos os serviços disponíveis na clínica Impress mais próxima.

Dá o primeiro passo para melhorares a tua saúde oral. Marca uma consulta online, por telefone através do +351 308 800 355, ou por WhatsApp.

Partilhar artigo
Conhece os nossos alinhadores!

Empresa

Quem somos?

Imprensa

Carreiras

O nosso blog

*Por número de clínicas próprias

© 2024 SMILE2IMPRESS SL. Todos os direitos reservados